quarta-feira, dezembro 31, 2008

My wishes to 2009.

Confesso que me irritam imenso as datas em que a diversão tem dia marcado, muitas das vezes sem grande disposição para festarolas...

Anyway...

Happy New Year to all!

And...




segunda-feira, dezembro 29, 2008

Pois é...



"Bones break. Organs burst. Flesh tears. We can sew the flesh, repair the damage, ease the pain. But when life breaks down... when we break down... there's no science. No hard and fast rules. We just have to feel our way through."
Grey's Anatomy

(No fundo sempre soube que aquelas consultas de Psicologia que tive enquanto era adolescente nunca me levariam a lado nenhum!)

sábado, dezembro 27, 2008

Tenham medo, muito medo...

..de fazer anos, mais propriamente quando chegarem aos 38!

Pois é, não é que acordei na manha de dia 25 sem saber que dia em que estavamos, se era Sábado, Domingo, completamente parva...

Só depois de meia hora, é que assimilei "épah, tás mas é a ficar mais velha, pá, se calhar um bocadito senil e tal :-)"...

quinta-feira, dezembro 25, 2008

Parabêns a mim!!






Pois é completei mais um anito hoje mais popriamente 38 anos. Fazer anos neste dia é algo de muito complicado porque só tenho como familia chegada a minha mãe é com ela que costumo passar o dia já que infelizmente nem consigo que ninguém venha a minha casa neste dia para lanchar ou tomar um chazito.



Mas foi um dia simpático muito semelhante ao ano passado, almoçar fora e passeio por aí, neste caso ver o mar.

Desejo para hoje ao apagar as velas do bolo da minha imaginação?? Que continue a ter saúde, algum dinheiro no bolso, e acima de tudo que as pessoas que me rodeiam sejam melhores, mais amigas, ou que o sejam de facto, que pensem um pouco mais nos outros naqueles que se sentem sós e que necessitam de apoio ou seja que sejam menos egoistas porque numa altura como é esta em que se fala em muitos valores humanos não é nada disso que vejo.

Mas existem excepções, claro, e para essas e para todas aquelas que hoje me telefonaram ou enviaram sms, um grande beijinho de agradecimento (especialmente para ti, minha amiga que me ligaste 2 vezes, ou melhor 3 que a outra não atendi por estar a dormitar ainda eheheh)

Espero que tenham todos tido um excelente Natal, e alguns ou todos os vossos desejos tenham sido satisfeitos.
Ah e fica um presente de Natal atrasado para todos voçês que costumam passar por aqui. :-)
(um bloguito que nos "oferece" a possibilidade de ganhar muita coisita)

Espero que gostem! ;-)

domingo, dezembro 21, 2008

Anedotas Natalicias e/ou Invernais.

Este país é uma anedota, e mesmo em tempo de pouco espirito Natalicio á conta da crise e outros factores há coisas que me fazem rir, mas de sarcasmo...

Ora vejamos:

- Pela primeira vez em muitos anos a Directora do Instituto onde trabalho ofereceu um almoço de Natal aos seus funcionários. E porque o fez? Porque já fomos extintos, para não o ano já não "existimos" e portanto a Srª tinha que sair em beleza, mostrar algo que nunca teve por nós que foi respeito; lá está, a "fachada" do Natal e bons sentimentos e blá-blá-blá...
E como agradeceram os funcionários (alguns, não todos que ainda existe pessoas com vergonha na cara!)?? Roubando literalmente algumas das decorações natalicias que estavam no salão, (algumas lindas e enormes) e nem as renas que estavam no exterior escaparam. E quem é que se "tramou"??? O "mexilhão", pois estão, neste caso as crianças que um dia depois lá tiveram a sua entrega de prendas, a sua festinha e nem devem ter dado conta que era Natal, porque de efeites, nicles.

2ª anedota, na Tv num outro dia, numa reportagem sobre o comércio que practicamente não existe na Torre (Serra da Estrela), comentam os entrevistados:
"Se não existe neve, ninguém cá vem porque querem ver neve, se existe niguém cá pode vir porque não podem cá subir acima, devido ás estradas fechadas."
(recordei-me agora de uma colega minha de serviço que fazia Ski e que dizia que Portugal devia ser o único país do mundo onde nunca se podia ir á pista de Ski)

Enfim, digo eu, fiquem-me com um foto do meu Prof. de Dança (que tb ele é uma grande anedota, porque é jeitoso mas homosexual) a fazer figurinhas muito engraçadas (não se pode ser perfeito, né??) na festa do ano passado (um Pai Natal insuflável).


terça-feira, dezembro 16, 2008

Futilidade??? Maybe...

Pois é, fui ás comprinhas de Natal não quero saber se o Shopping é ou não uma futilidade , o que me interessa é que faz um bem imenso aos meus neurónios.
Portanto voltei muito contentinha (que até é de admirar), por 3 razões:

- Porque fui á Natalis e pude contribuir com o valor da entrada e com aquilo que comprei para causas nobres e para ajudar os outros (não será este o espirito de todo o ano e não só de Natal?)
- Porque vim carregadinha de sacos com coisas lindas para mim e para os outros (sim que faço anos nesta quadra e tb mereço me mimar).
- E porque fui com a minha Mamy, que apesar de já ter 75 anos é umas mãos largas (pelo menos na altura em que faço anos, o que já não é mau de todo) e adora o acto de espiolhar estaminés e mais estaminés de coisas giras. E porque á a minha mamy, a pessoa que mais me ama neste mundo, e porque é sempre bom porporcionar a ela e a mim uma tarde bem descontraida.

E aqui fica o retrato para a posterioridade :-).
Meez 3D avatar avatars games

segunda-feira, dezembro 15, 2008

Perguntinha.

Alguém me sabe dizer porque é que sendo o McDonalds uma cadeia internacional nos outros paises, a informação nunca se encontra em Inglês??
Será que nos querem ensinar á força como se diz os vários tipos de menus em linguas manhosas??
E depois uma pessoa tem que fazer figurinhas tristes como a que fiz em Budapeste (mas que resultou bem, com um "tchim-tchim" realizado á distância e um sorriso á mistura).


E já agora onde se pode encontrar em Lisboa city os que tem "café á séria"???

E a propósito de "café e bolinhos á séria", vou criar um post ali no tasco do lado, sobre o Mc mais bonito que vi até hoje (e claro tinha "café á séria"...) :-)

domingo, dezembro 14, 2008

Coisas do arco da velha.

Passo a vida a dizer que acabo por cair sempre nas mesmas rotinas, e que os meus finais de semana são quase sempre iguais.
De maneiras que este fds e depois de ser convidada (no Sábado de manha) para ir a uma Festa de Natal de uma conhecida escola de Dança de Lx, lá fui.
Depois de algum dancing, lá sai eu com minha amiga em direccção ás nossas viaturas, lá pelas 3 da matina.
Ficamos um bocadito na cumbersa na rua e qual não é o nosso espanto, quando vemos um carro a passar-nos á frente, sozinho, sem condutor..!! Pois é, e não não tinhamos bebido nadica de nada.
Ele a passar a nossa frente com os 4 piscas ligados, subiu o passeio, deitou um pilar daqueles pequenos abaixo e foi embater numa das paredes do IADE em Santos, com uma rapariga a correr atrás dele, rua abaixo!!! Por pouco não atropelou uma pessoa que tinha o carro estacionado mesmo ao lado, que estava a entrar para lá e que ficou pasmo a olhar para aquilo tudo mesmo ali a 5 metros de distância!

E ainda dizem que é perigoso é andar nas horas de ponta em Lisboa!

E quanto a mim vi algo que deve ser tão raro de acontecer como nevar na cidade de Lisboa, logo já posso dizer que este final de semana vai ficar-me na memória.:-)

quarta-feira, dezembro 10, 2008

E eu que nunca fui á China...

Pronto, tinha que ser uma copiona e como a Miss Precious insistiu, tive que me revelar...:-)



You Are China



You adhere to the ideas of loyalty, honesty, sincerity, and duty.

You respect authority and age. You believe in social harmony.



You are big and bold. People consider you to be someone with a lot of potential.

You are coming into your own right now, and you are figuring out your place in the world.




Concordo com tudo, agora isso de ser "big and bold", nope, pois não meninas que me conhecem, hummm???
É que que isto de ser "big" depois de tretas laborais tudo no mesmo dia, não tá com nada :-))).

Estou que nem posso!

Mas porque será que os chefes em particular e as pessoas no geral só sabem apontar os defeitos e nunca salientam as qualidades?? Criticar, desmoralizar é fácil, mas para se saber elogiar na altura certa há que ser uma GRANDE pessoa, não é?Trabalho numa porcaria de um Instituto de estado que foi extinto mas onde as pessoas ainda lá trabalham (confusos, não?? Pois nem nós nunca entendemos!!) e recebem o vencimento sob um nome de uma instituição que já não existe, o "Campus" onde está instalado este Instituto foi "invadido" por outra instituição (até as placas da estrada que indicavam o caminho para aqui foram retiradas, ou mais propriamente pintadas com outro nome), metade das pessoas foram empurradas para um outro local para virem os outros se instalar no edifico onde os serviços centrais e a Presidência se encontrava, a Presidente está quando está (diz que tem outro emprego como Prof. catedrática no Porto) longe daqui, a dar ordens completamente fora de nexo, não fazemos ideia nenhuma de como vai ser o futuro, e ainda me vem este dizer que temos que ter incentivo , nos aplicar e blá-blá-blá, quando passa o tempo SÓ a criticar???
Sabem que mais?? A esperança na Humanidade foi-se (dá um jantar, dps faz-me ficar cheia de nervos!)
(sou uma gaja de extremos, pois sou e o pior é que tenho razões para isso, infelizmente! É certo que tenho aqui coisas boas, mas quando vem as más, derrotam-me completamente!)

terça-feira, dezembro 09, 2008

Sem preconceito.

"Ela apresentava-me e continua a fazê-lo com a expressão com a expressão de orgulho de quem apresenta um "principe encantado".

Diz Paulo Azevedo sobre a sua namorada, no livro que conta a sua vida

Digo eu que é muito bom saber que ainda existem pessoas assim que amam a essencia dos outros.

Digo eu que deveriamos ser todos assim.

Digo eu que fiquei chocada, deveras chocada onde num programa de Tv que passava por aí e onde era suposto se dizer a verdade e nada mais do que a verdade, á pergunta: "se encontrasse um homosexual a sentir-se mal, a necessitar de "respiração boca-a-boca", fazia", á qual aquela amostra de pessoa (homem) respondeu, "não, claro que não!!"

Obrigado Paulo, por seres quem és, e parabêns porque apesar de não teres nascido a mais feliz das pessoas, irás ser com toda a certeza o mais feliz dos homens com a pessoa que encontraste para partilhar o resto da tua vida.

P.S. E foi desta que o outro tasco foi "reaberto", custou mas foi!!! ;-)

sexta-feira, dezembro 05, 2008

Prendita cinéfila.



Pois é, parece que a nossa Zon, está a dar um presentito de Natal aos seus mais antigos clientes, áqueles que para além gastarem as poucas lecas que tem no serviço clássico ainda se tentam tentar pelas series (como eu) ou pelos filmes (tb já tive em tempos, agora prefiro as series, embora distraida como sou me esqueça sempre das hora, dias etc)

Está a dar um cartão que possibilita a ida ao cinema de borla. E não faz nada mais do que a sua obrigação tendo em conta como disse o exagero de dinheiro que se paga.

Não se se ele vou ter direito ou não (ainda não percebi bem o regulamento da coisa), mas não será por isso que deixo de assistir a bom cinema, afinal é um dos Hobbies mais divertidos que as pessoas podem e devem ter.
E o último foi este , em português, "Destruir depois de ler", e digo que foi uma das comédias que mais me fizeram rir nos ultimos tempos. Uma comédia negra, dos irmãos Coeh, completamente disparatada, em que se chega ao fim sem as próprias personagens nada terem percebido do que andaram a fazer. A invenção do George Clooney (que grande imaginação o Sr. teve ehehe) e o personagem do Brad Pitt, vão ficar cetamente para a história do cinema.
Completamente parvo, mas ao mesmo tempo completamente hilariante.

Fica a sugestão para este final de semana XL. :-)

terça-feira, dezembro 02, 2008

Dissertação sobre o Outono.


É verdade que esta á a estação do ano de que mais gosto. Gosto do tom das folhas e das árvores, dos tapetes de folhas no chão, do cheiro da castanha a assar na rua, do enrolar no sofá com mantinha por cima a bebericar um chazinho, gosto de estar ao lume como se diz nos Alentejos da minha familia (lareira só lá a tenho nos Alentejos), e gosto sobretudo desta estação porque existem muitas mudanças de tempo, o tempo é completamente imprevisivel nesta estação do ano, ao contrário da que se segue , o Inverno onde é tudo mais certinho.
Ás vezes (no meu caso quase sempre) a rotina da vida é tão grande, que até me farto do tempo certinho, com dizianhos cheios de Sol e tal, e tal; gosto de mudança , de trovoada, de ventania, de friozinho, de neve, Detesto o calor do Verão, detesto tudo aquilo que é suposto se fazer no Verão por estar bom tempo e que eu por razões que agora não vem ao caso não posso fazer.
Gosto de mudanças, destesto a rotina, mas não gosto de extremos nem ao que diz respeito ao tempo.
E isto de estar com 11 graus em casa, na sala, ou de entrar no carro e ver que lá dentro estão 6 graus , e que me doem as mãos ao colocar o volante nas mãos, logo de manha quando saio para o meu local de trabalho, não é nada agradável.
Assim de repente até me deu vontade de vir trabalhar todos os dias: afinal aqui tenho um AC, só para mim, no meu gabinete que me aquece o corpo em 10 minutos...
Ou isso ou lá terei que pedir ao Pai Natal que me traga um de presente.

Portanto volta Outono em Budapeste, que estás aperdoado!

(desculpa, Noiva , tomei posse assim a bem dizer do teu post, mas quando a imginação não dá para mais, acontecem destas coisas. :-)

P.S. E amanha ou talvez ainda hoje ,o Blog ali das andanças pelo mundo ao lado, vai renascer das cinzas. :-)

segunda-feira, dezembro 01, 2008

E afinal ainda há esperança...

...para a Humanidade, é verdade.
O meu chefinho de quem eu digo tanto mal, constantemente, teimoso, mandão super-stressado e muitas das vezes com pouco ou nenhum respeito pela pelos seus colaboradores, ganhou um premiozito, até afinal é um tipo inteligente, convidou-me para assistir á cerimónia de entrega dos Prémios,(tudo gente "in", com direito a Ministro e tudo, mas Credo, a Sofia Alves é tão magraaaa!!) e depois pagou ao pessoal um belo jantarinho, composto por mariscada e mais uns mimozitos, que me deixaram a rebentar literalmente pelas costuras.
Pois é, ás vezes o meu coração aquece um pouquito, e volto a acreditar em qualquer coisita...

terça-feira, novembro 25, 2008

Desencanto.

Ás vezes quando acordo, só gostava de acordar noutra cama, noutro quarto, noutra cidade, quiçá noutro país até...

"No matter how badly a thing is hurting us, sometimes letting it go hurts even worse".

(pensamentos enquanto via o Sol a desparecer no horizonte, no ultimo final de semana, na praia)


terça-feira, novembro 18, 2008

"Retrato" de um dia de Jacuzzi.


Ora estava eu, no meu jacuzzi (pois não é de casa, eu sei) do Gym, a seguir o ritual de Sexta-Feira á tarde (a última sexta, portanto), que é Aula de Sevilhanas , seguida de Hidroginástica e depois uma relaxante "estadia" no Jacuzzi, quando me estragaram o esquema.
Aquilo é sempre muito concorrido, pois que é, e agora no Inverno pior, mas o que aconteceu na Sexta foi demais.

Aquilo dá para 4, e já nao estamos á larga, pois acreditam que entrou o 5º??? Estava eu ali tão bem sozinha, com os bracinhos em redor da coisa, a apanhar a espuma e pimba , vem um, depois outro, e mais outro e senhores, nenhum jeitoso!!
Até que fiquei num posição deveras incomoda: corpinho muito quetinho e apertado e mesmo assim, a maozinha tocava ali, o pezito do outro tocava acolá...
E eu ali, com cara de parva indecisa entre largar a minha espuma, ou dizer "Senhores, vão lá para os pumps, para as Rpm ou para as Cardio, ganhar musculo, e desamparem-me a loja!"

Mas lá fiquei , até que o pessoal se fartou e saiu...mas saíu todo?? Nãoooo!! Ficou um parvo que lá anda e não deixa de olhar para mim sempre que lá estou (e não é que coincide sempre ele lá chgar na hora em que eu chego) com um ar asqueroso que só vendo, que pura e simplemente entende que aquilo é a cama dele..! Pois, estende as pernitas peludas e aqueles pés muito mal amanhados, até eles tocarem no outro bordo do Jacuzzi, ao ponto de qd uma pessoa querer sair "encalhar" nele e literalmente caír de Cú (perdoem-me a expressão) dentro de água.
Portanto venho por este meio que é o meu blog, pedir a todos aqueles que me leiem, que me sugiram frases, acções que leve aquela coisa dali para fora, na minha próxima sessão!!

É que uma pessoa paga e já nem pode relaxar em paz!!! :-))



sexta-feira, novembro 14, 2008

Evolução dos tempos. :-)

(recebido por mail)

MENSAGEM FANTÁSTICA
Uma diferença de 30 anos
(1978 & 2008)



Situação: O Pedro está a pensar ir até ao monte depois das aulas, assim que entra no colégio mostra uma navalha ao João, com a qual espera poder fazer uma fisga
1978: O director da escola vê, pergunta-lhe onde se vendem, mostra-lhe a sua, que é mais antiga, mas que também é boa.
2008: A escola é encerrada, chamam a Polícia Judiciária e levam o Pedro para um reformatório. A SIC e a TVI apresentam os telejornais desde a porta da escola.
Situação: O Carlos e o Quim trocam uns socos no fim das aulas
1978: Os companheiros animam a luta, o Carlos ganha. Dão as mãos e acabam por ir juntos jogar matrecos.
2008: A escola é encerrada. A SIC proclama o mês anti-violência escolar, O Jornal de Notícias faz uma capa inteira dedicada ao tema, e a TVI insiste em colocar a Manuela Moura Guedes à porta da escola a apresentar o telejornal, mesmo debaixo de chuva.
Situação: O Jaime não pára quieto nas aulas, interrompe e incomoda os colegas
1978: Mandam o Jaime ir falar com o Director, e este dá-lhe uma bronca de todo o tamanho. O Jaime volta à aula, senta-se em silêncio e não interrompe mais.
2008: Administram ao Jaime umas valentes doses de Ritalina. O Jaime parece um zombie. A escola recebe um apoio financeiro por terem um aluno incapacitado.
Situação: O Luís parte o vidro dum carro do bairro dele. O pai pega um cinto e espeta-lhe umas chicotadas
1978: O Luís tem mais cuidado da próxima vez. Cresce normalmente, vai à universidade e converte-se num homem de negócios bem sucedido.
2008: Prendem o pai do Luís por maus-tratos a menores. Sem a figura paterna, o Luís junta-se a um gang de rua. Os psicólogos convencem a sua irmã que o pai abusava dela e metem-no na cadeia para sempre. A mãe do Luís começa a namorar com o psicólogo. O programa da Fátima Lopes mantém durante meses o caso em estudo, bem como o 'Você na TV' do Manuel Luís Goucha.
: O Zézinho cai enquanto praticava atletismo, arranha um joelho. A sua professora, Maria, encontra-o sentado na berma da pista a chorar. Maria abraça-o para o consolar
1978: Passado pouco tempo, o Zézinho sente-se melhor e continua a correr.
2008: A Maria é acusada de perversão de menores e vai para o desemprego. Confronta-se com 3 anos de prisão. O Zézinho passa 5 anos de terapia em terapia. Os seus pais processam a escola por negligência e a Maria por trauma emocional, ganhando ambos os processos. Maria, no desemprego e cheia de dívidas suicida-se atirando-se de um prédio. Ao aterrar, cai em cima de um carro, mas antes ainda parte com o corpo uma varanda. O dono do carro e do apartamento processam os familiares da Maria por destruição de propriedade. Ganham. A SIC e a TVI produzem um filme baseado neste caso.
Situação: Um menino branco e um menino negro andam à batatada por um ter chamado 'chocolate' ao outro
1978: Depois de uns socos esquivos, levantam-se e cada um para sua casa. Amanhã são colegas.
2008: A TVI envia os seus melhores correspondentes. A SIC prepara uma grande reportagem dessas com investigadores que passaram dias no colégio a averiguar factos. Emitem-se programas documentários sobre jovens problemáticos e ódio racial. A juventude Skinhead finge revoltar-se a respeito disto. O governo oferece um apartamento à família do miúdo negro.
Situação: Tens que fazer uma viagem de avião
1978: Viajas num avião de TAP, dão-te de comer, convidam-te a beber seja o que for, tudo servido por hospedeiras de bordo espectaculares, num banco que cabem dois como tu.
2008: Entras no avião a apertar o cinto nas calças, que te obrigaram a tirar no controle. Enfiam-te num banco onde tens de respirar fundo para entrar e espetas o cotovelo na boca do passageiro ao lado e se tiveres sede o hospedeiro amaricado apresenta-te um menu de bebidas com os preços inflacionados 150%, só porque sim. E não protestes muito, senão, quando aterrares, enfiam-te o dedo mais gordo do mundo pelo cú acima para ver se trazes drogas.
Situação: Fazias uma asneira na sala de aula
1978: O professor espetava duas valentes lostras bem merecidas. Ao chegar a casa o teu pai dava-te mais duas porque 'alguma deves ter feito...!'
2008: Fazes uma asneira. O professor pede-te desculpa. O teu pai pede-te desculpa e compra-te uma Playstation 3.
Situação: Chega o dia de mudança de horário de Verão para Inverno
1978: Não se passa nada.
2008: As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão e caganeira.
Situação: O fim das férias
1978: Depois de passar 15 dias com a família atrelada numa caravana puxada por um Fiat 600 pela costa de Portugal, terminam as férias. No dia seguinte vai-se trabalhar.
2008: Depois de voltar de Cancún de uma viagem com tudo pago, terminam as férias. As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão, seborreia e caganeira.


MySpace Comments

quinta-feira, novembro 13, 2008

Comparações.


Ah e tal Lisboa é uma cidade barata, comparada com algumas suas vizinhas europeias??

Ora vejamos:

Antes de ir viajar descobri qua para os lados do Chiado existia um "Kaffeehaus", ou seja, um café vienense semelhante ( com as devidas diferenças, claro) a tantos que existem em Viena. Para quem não sabe todos os países da Europa Central e em particular a Austria tem a "cultura" do café , ou seja para além de terem uma variedade enorme de difentes tipos de cafés (com natas, "melange", expresso, capuccino, etc , etc) os edificios onde estão alojados são edificios magnificos, de diversos estilos arquitectónicos, que vale muita a pena visitar; no interior ninguém bebe um café em pé como por aqui, bebe-se café enquanto se conversa, ou se lê um livro.
Bem, mas voltando ao tema principal , decidi antes da viagem visitar este no Chiado para desgustar o bolo mais afamado de Viena, a Sachertorte (que é o da foto ao lado), e poder comparar depois com o genuino, elaborado no Café do Hotel Sacher.
O preço aqui em Lisboa?? 3.50. Pois que achei tão demasiado que até pensei que ele viria de lá importado; mas que não, afinal era elaborado aqui.
Pensei: bem se aqui é este preço em Viena, terra em que um café expresso custa 2,90 €, lá vou sair sem euros da carteira.

Pois que fui, e afinal paguei 4.90 pelo bolo. Foi caro eu sei, mas foi uma das minhas extravagâncias. E afinal, fiquei a pensar que em comparação com Lisboa tinha sido muito mais caro.

Portanto, moral da história: não façam este tipo de comparações "antes de"(tb fui lá porque queria comer o genuino, elaborado "in loco" claro, que o bolo é tão famoso que até no Macdonalds dos países vizinhos como a Hungria se vende), porque depois saiem frustadas como eu.
Lá o bolo era um pouco melhor, mais "leve" e lá não voltarei para o comer de certo.
Aqui a Lisboa, seguramente que não retorno, a não ser para comer talvez uma Apple Srudel. :-)

terça-feira, novembro 11, 2008

Saudades do meu "Derek".

E pronto, desde que vi esta semana este video num dos canais da Fox a fazer promoção á 5ª e última série (até agora) do Grey's Anatomy (fiquei "estacionada há uns meses atrás na 4 ª serie) que a coisa e a musica em especial não se saiem do pensamento.

Portanto lá vou que ter a grande chatice de me enfiar na mantinha, deitar no sofá e assistir de uma só vez á 4ª serie toda ( a ver se consigo depois "apanhar" a 5 na Fox).



E digam lá se este Sr. não fez um trabalho excelente???
É para nunca nos esquecermos que esta magnifica serie para além de ser um drama de excepcional qualidade também tinha ( e continua a ter) uma banda sonora fabulosa

Pérolas do "Corner".

E o que é o Socialismo, Miga???


O Socialismo é a ciência que estuda o Social! :-))))


(ás Segundas á noite é o momento em que rio até ás lágrimas com as histórias da Maria Delfina e da sua miga e patroa Denise de Magalhães, no seu corner, na Sic á noite, a fazer "nels" (nails :-)))) aos seus clientes)

segunda-feira, novembro 10, 2008

Electrodomésticos maravilhosos.


Num dia destes enquanto via o Jornal da Noite, numa estação qualquer de Tv, vi uma reportagem sobre o aparecimento do Multibanco há alguns anitos atrás, e consequentemente o jornalista perguntava ás pessoas se actualmente imaginavam a sua vida sem tão interessante invenção; pois que o pessoal dizia que não, que actualamente já ninguém ia ao Banco, e que de facto era a invenção do século.

Pois eu tb concordei com tais criaturas sábias, até ao bendito do dia (isto uma semana antes de eu sair para fora o mês passado) em que que me vi sem o meu Bem mais precioso (no que diz respeito á minha cozinha)
E o que é?? O meu micro-ondas!!! Quais Multibanco, qual quê, sem micro-ondas é que é que é muito dificil viver!!!

Ora onde é que se já se viu voltar ao tempo das nossas avós e aquecer leitinho no púcaro, de manha, ou sujar 500 cacos de loiça porque não se pode colocar a comidinha já de dias anteriores directamente no pratinho??
E ficar nesse tormento, dias antes de se ir sair para o estrangeiro, naquele fase em que perder tempo a fazer comida é impensável?

E como um mal nunca vem só, a torradeira tb se finou, resolveu ir fazer companhia ao micro!!

E é isso, esta despesita não veio mesmo nada a calhar , depois do gasto das Holidays, mas tenho tantas saudades dessa invenção da tecnologia moderna, estou a ficar com tanta raiva á loiça a mais suja, que tenho que tratar do assunto!

P.S. Alguém tem algum sobresselente que me possa emprestar?? ;-)

quinta-feira, novembro 06, 2008

Back to blog.

Pois é, depois de longa ausência (talvez a maior de todas desde que criei o blog) eis-me de volta ao tasco.

O motivo não foi nada de significativo, felizmente. Estou viva e de boa saúde, Graças a Deus, e o facto de andar com muito trabalho e de ter sido tentada com uma promoção de voo da Tap, (que me levou a ceder sem hipotese alguma de resistir), a passar 9 dias em 3 capitais da Europa Central (Viena de Áustria, Budapeste e Bratislava) , e que me fez dedicar o tempo todo livre que me restava ao planeamento da dita cuja, fez-me afastar do meu canto e dos cantos alheios, embore continue a ler aqueles a quem sou fiel desde sempre.

Voltei cansada de férias, foram 9 dias extenuantes, em que os pés e as costas doloridas só se recuperaram quando nos último dia tomei uma banhoca num dos maiores complexos termais da Europa, com água quentinha a 28º, mas já lá dizia o outro "de que serve o trabalho senão para descansar das férias"?? :-)), mas voltei completamente revigorada, quase como nova, as viagens tem assim a modos que um efeito terapêutico na minha pessoa,o corpo regressa "morto", mas a cabeça vem de bem com vida e activa como já há muito tempo não andava.

Agora back to blog,and to work!

Prometo que vou começar a visitar os cantitos alheios, que o tasco vai começar a mexer, e que vou finalmente actualizar o moribundo outro meu blog, agora que tenho tanto material precioso em mãos!!

Até já!! :-)



quarta-feira, setembro 24, 2008

Mulheres ( e o seu poder).

"As mulheres tocam instrumentos, os homens aplaudem"

Ontem naquele programa manhoso que inventaram cuja apresentadora é a Teresa Guilherme.
O program nada vale com aquela historia do poligrafo e tal, mas da boca da apresentora ás vezes saem pérolas como esta.


------------------------------------------------------------------------------------------------

As amigas curam
Interessante descoberta :
Um estudo publicado pela universidade de Los Angeles, Califórnia, indica que a amizade entre mulheres é verdadeiramente especial. Descobriu-se que as amigas contribuem para o fortalecimento da identidade e da proteção de nosso futuro. Constituem um remanso no meio do mundo real cheio de tempestades e de obstáculos. As amigas ajudam encher os vazios emocionais de nossas relações com os homens e ajudam-nos recordar quem nós somos realmente. Após 50 anos das investigações, identificou-se que existem substâncias químicas produzidas pelo cérebro que ajudam a criar e manter os laços de amizades entre as mulheres. Os pesquisadores, homens em sua maioria, foram surpreendidos com os resultados dos estudos. Quando o hormônio OXITOCINA é liberado como a parte da reação das mulheres ao stress , elas sentem a necessidade de proteger suas crianças e de agrupar-se com outras mulheres; quando acontece isso, uma quantidade ainda maior é produzida de oxitocina que reduz o stress agudo e causa um efeito tranqüilizante. Estas reações não aparecem entre os membros do sexo masculino porque a testosterona que os homens produzem em quantidades elevadas, tende a neutralizar os efeitos da oxitocina; visto que os estrógenos femininos aumentam a produção deste hormônio Depois de estudos repetidos, demonstrou-se que os laços emocionais existentes entre as mulheres que são amigas verdadeiras e leais, contribuem para uma redução dos riscos das doenças relacionadas à pressão arterial e ao colesterol. Acredita-se que esta pode ser uma das razões por que geralmente as mulheres vivem mais do que os homens. As mulheres que não estabelecem relações do amizade com outras mulheres, não mostram os mesmos resultados em sua saúde. Assim, ter amigas ajuda-nos não só a viver mais, como também a viver melhor. O estudo sobre a saúde indica que quanto mais amigas têm uma mulher, maior é a probabilidade de que chegue à velhice sem problemas físicos e levando uma vida plena e saudável Neste mesmo estudo observou-se como as mulheres superam os momentos críticos (como a morte do esposo ou dos pais) e percebeu-se também que as mulheres que podem confiar em suas amigas reagem às doenças sérias e recuperam-se em um lapso de tempo menor do que aquelas que não têm em quem confiar. O estudo concluiu que a amizade entre as mulheres constitui uma fonte de força, bem estar, alegria e saúde. Para essa razão e por muito mais: VIVAM AS AMIGAS!!

quinta-feira, setembro 18, 2008

A Quarta Feira.


Sim, eu sei, hoje é Quinta, mas quero falar da Quarta Feira, mais especificamente do dia de ontem.
Quartas feiras são sempre dias menos maus na minha rotina quotidiana; é o dia que chego a casa, abro o correiro e lá está a minha revista preferida , pronta a ser descoberta, Time Out. Faz-me sempre sorrir e ás vezes dá-me uma noticias estupendas como na semana passada cujo titulo foi "50 coisas grátis para fazer em Lisboa".

Depois é noite, é hora da aula de Salsa no Ginásio, momento de completa descontracção, em que esqueço tudo o que quero esquecer, durante uma hora. "Apago" pura e simplesmente ali dentro.

Portanto as Quartas são dias simpáticos. Mas ontem, bem ontem foi difrente, para melhor. Cheguei, abri a caixa do correio e lá estava a minha revista. Mas por detrás da revista estava outra coisa, uma esperada carta. Sim, uma carta escrita á maneira antiga com letra personalizada e papel lindo ( e cheiroso em tempo, mas compreende-se ehehe).
A revista voou para cima do sofá, e abri a carta com entusiasmo. Há quantos anos não recebia eu uma carta em papel?? Muitos certamente. Perdeu-se esse hábito personalizado, á conta das tecnologias avançadas das Internets.

E o que lá vinha dentro?? Vinha muito carinho, vinha uma sensibilidade fora de série, vinha algo que eu não estou definitivamente habituada e sinceramente tenho medo de me habituar sob o risco de por alguma razão o perder (tenho este grande defeito que é o de me apegar muito a coisas, situações, pessoas).
Li cada letra com muita atenção e sorri, ri, e choraminguei, porque é o que me acontece sempre quando algo me sensibiliza muito.

Quero agradecer a não ser quem (talvez aos Céus, se estiver Alguém lá em cima a ouvir-me) por te ter encontrado, por fazeres parte da minha vida ainda que estejas distante fisicamente, quero agradecer ppelo teu optimismo constante, por tudo, tudo.
Fizeste-me criar uma rotina boa , diferente que me incentivou a fazer muita coisa, e deste-me um grande prazer que é o esperar por algo, por algo de bom, neste caso, uma carta á moda antiga.
Ameiiiiiiiiiiiiiiii!

E sim, porque as ameaças são para cumprir, me aguarda! :-)

quarta-feira, setembro 17, 2008

Mudar de hábitos..á força!

- Substituir a tostadeira ( aquele coisa que me transforma o queijo em fios deliciosos, e as gramas em quilos) por uma torradeira económica (como há lâmpadas , tb deve existir torradeiras).

- Nunca mais deixar as luzes acesas ao mesmo tempo em várias divisões (parece que me sinto mais "acompanhada" se visualizar a casa como uma árvore de Natal)

- Nunca mais deixar o Pc ligado toda a noite.

- Ver Tv só no horário ecónomico e aproveitar para ver filmes e series no Pc aqui do emprego qd o chefe está fora.

Em suma, passar mais tempo na rua do que casa (ando demasiado caseira novamente).


(prometeu, prometeu, até que chegou: 106 euros para pagar de eletricidade relativo a 2 meses!!! Doeu, como tudo..!)
Já não me bsatava uma &$%&/ de um dor de costas que não me larga há mais de uma semana e me vai fazer falhar á aula adorada de Salsa semanal, ainda agora isto...!)

terça-feira, setembro 16, 2008

Caracteristicas menos boas.

Há 3 carateristicas no ser humano que abomino: a arrogância, a teimosia, e a perpotência.
A arrogância , porque a coisa pior que nos pode acontecer é não conseguir ver para lá do nosso umbigo.
A prepotência porque não temos o direito de mandar em ninguém, é obrigatório existir respeito, é obrigatório haver flexibilidade em acções.
A teimosia porque ninguém "vai a lado nenhum" dizendo que a "parede é verde" se ela é efectivamente azul, gosto de pessoas que defendem o seu ponto de vista, mas de uma forma inteligente sem exacerbar as atitudes.

Vivi com alguém alguns anos que "sofria" das 3 caracteristicas, e o resultado de tal vivência ainda hoje se reflete no meu dia-a-dia.

Tudo isto para dizer que há uns dias atrás ao ver/ouvir o Sr. Presidente da venezuela insultar de uma forma completamente extremada como nunca o tinha feito o Presidente dos estados Unidos, lembrei-me da tal pessoa.
E confesso que tenho pena de tais pessoas, porque vivem em mundo imaginários, só deles, e nesse mundo dão-se ao luxo de todas as atitudes por pior que sejam, sem limites, sem medos, sem respeito por ninguém ou alguma coisa.
São pessoas completamente primárias que nunca evoluiram, que nunca "cresceram".

Estive há uns anos na Venezuela, e sei do que falo: é irónico um Presidente de um país falar assim, quando os seus habitantes só tem automóveis de marcas americanas e quando o desporto nacional é o Beiseball.

Será que este reizinho sem coroa, irá cair do seu altar algum dia e dar-se conta que vive num mundo de faz de conta??
E será que tu, um dia quando acabares sozinho sem ninguém que goste de ti, numa casa, irás finalmente a reconhecer o mal que fizeste a ti mas principalemnte aos outros, que tanto te quiseram bem??
Assim de repente gostava de avançar uns anos no tempo e ver o que se irá passar...

segunda-feira, setembro 15, 2008

"Crash" number two?



Sometimes the things we can't change...end up changing us.

Happiness. Sorrow. Pleasure. Love.

The question is not whether we will die, but how we will live.



(assistam e digam se gostaram tanto quanto eu)


Há dias assim.

Hoje dei-me conta que já não emito uma boa gargalhada há muito tempo, que não tenho motivos para isso, que ninguém se interessa em me a fazer dar..

E o pior é que não prevejo mudanças a curto prazo (isto para não ser totalmente pessimista) e dizer a longo prazo.

P.S. Ou talvez quem sabe, o meu chefe que esteve de férias 3 semanas e que eu ansiava por que viesse (imagine-se como estou) com a seu bom humor e a sua extroversão me "salve".

quinta-feira, setembro 11, 2008

Pensamento do dia.

"Há que tornar a ungir os cavalos guerreiros e levar a luta até ao fim; porque quem nunca descansa, quem com o coração pensa em conseguir o impossivel, esse triunfa" (I Ching)

(meu horóscopo, hoje num jornal diário)


Mas eu que sou persistente por natureza estou cansada, cansada de lutar.

Até onde, até quando deveremos lutar?? Qual é a meta?? Há que saber desistir na altura certa por mais que nos custe, para não ficarmos ainda mais fracas quando finalmente tens que dar a mão á palmatória e desistir.

Mas custa tanto desistir, porque ao desistirmos estamos a assumir uma derrota, ou não será??

quarta-feira, setembro 10, 2008

Diário de uma aula da "Salsa".


No ginásio:


- Menina tem aula pela primeira vez;

- Menino tem aula pela primeira vez;


Aula acaba: menino e menina sobem as escadas para se virem embora, menino mete conversa com menina e pergunta-lhe como se chama.


E pergunto-me eu?? Porquê, porquê não se passa o mesmo comigo?? Hã??


Será por já ter aspecto de cota?? Será pela roupa, pelo facto de já dominar mais ou menos a coisa, ou por levar umas sapatilhas ás florzinhas todas jeitosas???


O que me vale é que venho "empregnada" pelo perfume do Prof. (muito bem apessoado por sinal) que traz com ele tanto, que até as minhas mãos ficam a cheirar bemmmmm.


Vou ali ver uma comédia, a ver se a neura passa e já já volto!

terça-feira, setembro 09, 2008

De chorar a rir.


Pois é, ontem e depois de um perido onde tenho andado novamente a sentir-me "very blue", ontem a Tv deu-me uma alegria, através de um momento verdadeiramente hilariante.

Ora eu que dos 4 canais já só via os momentos de informação (ditos telejornais), ontem deixei a Tv continuar ligada depois das noticias, e assisto á estreia desta serie, com essas duas grandes malucas que são a Maria Rueff e a Ana Bola.

E foi demais, ri a bom rir e Deus sabe como tenho tenho andado necessitada disso.

Confesso que não sou apepta do humor fácil e "forçado" tipo dos "Malucos do Riso", que são piadas sem muita piada ás vezes, mas estas duas senhoras , especialmente a Maria Rueff são fabulosas.


Não sei qual é a periodicidade, mas não vou perder um "episódio" das manicures dos Vip's.


quinta-feira, agosto 28, 2008

Somos as "maiores"!!!!!

Hoje sim, sinto-me bem!!! :-)

E ele tem razão!!

Pena é nem todos os homens pensarem assim...aliás anda algum homem por aí que pense assim?? Que se "mostre"!!

A mulher de trinta anos sabe quem é e sabe bem o poder que tem. Não precisando mais de muitos dos joguinhos que algumas jovens fazem para testar sua capacidade, ela se dedica a outros jogos, muito mais interessantes e excitantes.
Relacionar-se com uma mulher de trinta anos é ensinar e aprender. É ter uma amante perfeita e, ao mesmo tempo, uma companheira de humor sem frescuras e uma amiga capaz de entender e se deliciar com todas aquelas referências pop que você levou décadas para colecionar: ela vai rir gostosamente ao lembrar-se do vídeo de "Total Eclipse Of The Heart", ou será uma fã sobrevivente de Jackson 5, e isso é ouro!
É possível discutir filosofia depois do melhor sexo do mundo ou, o absurdo, conseguir o melhor sexo do mundo após discutir filosofia! (eu indico Sartre) A mulher de trinta anos está mais apta a entregar-se ao amor sem medo. E se for paixão? Ela não perde tempo buscando definições semânticas, ela simplesmente vive!
Mas você aí, que já está com água na boca, não pense que é fácil conquistar uma mulher de trinta anos. Hoje elas são muito mais interessantes e complexas do que eram na época de Balzac, porque são acima de tudo independentes. A mulher de trinta anos é segura de si até quando procura um colo. Ela não tem mais vergonha de ser menina quando precisa, afinal. O que fazer? De minha parte, não tento mais compreender tamanha complexidade (o homem que tenta entender as mulheres é um tolo, simplesmente não as merece); e apenas vivo minha paixão intensamente, cada dia mais fascinado pela mulher de trinta anos...


(http://www.interney.net/blogs/hedonismos/2008/03/04/a_mulher_de_30_anos_1/)

terça-feira, agosto 26, 2008

Musiquinha do blog.

A pedido de várias familias (ok, só de uma ehehe) fica aqui a explicação para a musica que tenho aqui actualmente. Foi uma musica que faz parte da banda sonora de um filme, que "corria" no final, a qual ouvi e confesso que me apaixonei para sempre. Na altura não sabia quem a cantava, e fiz tudo para descobrir.
É da Sinead O' Connor e chama-se "One more day".
E este titulo porquê?? Porque "passa" ao mesmo tempo que acontece o funeral da protogonista do filme.
O filme chama-se "Veronica Guerin", e conta a história (verídica) de uma jornalista, Veronica Guerin, que leva a cabo um trabalho de investigação para descobrir e denunciar uma poderosa rede de tráfico de droga.
A cidade de Dublin era “dirigida” por “barões da droga” que espalhavam o medo, o terror e a anarquia pela cidade e, por isso, ninguém os ousava enfrentar. É neste contexto que Veronica Guerin, repórter do jornal The Sunday Independent, resolve investigar e tentar alertar, através de uma futura reportagem, a população para este caso. Durante o seu trabalho, Veronica enfrentou pessoas muito poderosas e, por isso, recebeu inúmeras ameaças de morte. No entanto, a repórter não desistiu enquanto não reuniu todo o material necessário para a sua reportagem.
Esta personagem é portadora de uma coragem e determinação inabaláveis e reveladora de uma forte paixão pela sua profissão: mesmo correndo perigo de vida, resolve publicar o que descobriu sobre os traficantes de droga. No final acaba mesmo assassinada e sensibilizou-me duma forma sem palavras, foi um filme que nunca mais esqueci, porque ser corajosa o bastante para pagar com a vida, pagar com a vida para deixar informação ao mundo e para fazer com que uma determinada situação acabasse, é algo que nos deixa a pensar....

E ainda bem que nem sentes vontade de ir embora, nina, a ideia também é essa aqui no tasco :-) e também eu gosto muito desta musica que pela sua beleza e contexto nunca mais esqueci.

O aniversário da Lurditas!

Minha querida amiguinha, já que não não pude experimentar o teu pudim, nem tive oportunidade de te ofertar nada pelos teus 35 anitos, cá vai um a "oferta" de um docinho para ti. :-)))
Para ti e para todos aqueles que quiserem experimentar (temos que ser amiguitos e partilhar ehehe)esta coisa rápida que eu á falta daquelas coisas redondas e com casca nunca irei experimentar, a não ser que me mude para Trás-os-Montes também (lá teria um galinheiro, aqui em Lisboa só tenho a prateleira do Super).

(Coisas que eu descubro enquanto ando ás compras num dito cujo Supermercado que tem um revista própria repelta de ótimas sugestões...)

E chama-se exactamente "Doce rápido da Lurdes":

Ingredientes: 10 ovitos; acúcar (peso dos ovos); sumo de um limão grande; raspas de chocolate.

Bata os ovos inteiros com o açucar e o sumo de limão até ficar tudo envolvido. Leve este preparado ao lume, mexendo sempre até engrossar. Verta o mesmo para uma travessa ou para váeias taças, e quando arrefecer, polvilhe com raspas de chocolate.

Easy, não vos parece??? Experimenta (tem) e depois digam-me se é bom eheheh
Não coloco foto do resultado final, porque teria que digitalizar o que aparece na revista e não me está a apetecer nadinha e se colocasse outra foto iria induzir em erro quem quiser experimentar.

(post que é capaz de não fazer muito sentido, mas dado que estou aqui num gabinete com 28ºC e não posso ligar o AC, porque depois aindo fico pior da costipação que se apoderou da minha pessoa nos ultimos dias, a cabeça só pode estar a "fritar" também).

domingo, agosto 24, 2008

Distracções.

Sou uma pessoa de extremos, é um facto.

Não consigo me dedicar muito a 2 pessoas ao mesmo tempo; não consigo gostar muito de mais do que uma coisa ao mesmo tempo; não consigo ter um um grupo imenso de amigos ao mesmo tempo e estar aos bocadinhos com cada um.
Ou bem que estou ou não estou; ou bem que gosto muito ou não gosto.
Não sei se é bom ou mau se ser assim, é mas assim que me vejo.

Tudo isto para dizer que me afastei aqui do tasco em parte, porque ando a ver uma serie á noite, ao serão que me absorve a atenção que deveria ir para o blog. Estou completamente apaixonada, completamente viciada nesta serie já antiga que começou em 2002 de seu nome "Everwood".
Vejo sempre 2, 3 episodios, ás vezes até entrar a madrugada, mas um vicío é um vicio e tem que ser alimentado.:-)
Sei que passou nos canais de cabo em Portugal, mas infelizmente o mesmo já não acontece presentemente.

Ali se cruzam amores e desamores, ali se criam relações pessoais, num mundo como o nosso onde existem coisas perfeitas , mas tb muitas imperfeições.
Faz-me rir, já me fez chorar...

"A heart is a fragile thing. That's why we protect them so vigorously, give them away so rarely, and why it means so much when we do. Some hearts are more fragile than others, purer somehow, like crystal in a world of glass. Even the way they shatter is beautiful."

Uma excelente serie sem dúvida. Tentem ver ou então peçam-me que eu empresto...:-)

P.S. E digam lá se o puto não é jeitoso...;-)



terça-feira, agosto 05, 2008

O Segredo!

O segredo descobri-o eu, nos ultimos dias, e não não é o da Felicidade (o do Livro).

É como perder peso, algo tão importante para qualquer senhora ainda para mais em tempo de expor o corpinho aos olhares de conhecidos e desconhecidos.

Uma semaminha de ferias, em que troquei a rotina de ir e vir para o emprego pela rotina de ir e vir apanhar banhos de sol para a piscina do meu Healt Club (com algumas, muitas macacoas sempre a moer-me os neurónios), mais uma aulinhas de dança lá a seguir ás banhocas, mais umas aulas de hidroginástica, mais a impossibilidade de fazer o jantar por só ter apenas forças para ir dormir, quando chego e voilá!

(constatação de facto após começar a apanhar diariamente a saia comprida no meio da sandalia, já que a dita cuja começou a descair)

Quem disse que se só se engorda nas férias???

quinta-feira, julho 17, 2008

Calling.

Ele chamou, chamou durante vários dias e eu resisti.

Sentia-me tentada, atraida, mas não queria ceder.

Pensava nele quase todos os dias, mas continuava sem ceder.

Até que um dia, hoje, resolvi me "deixar ir" sem pensar em mais nada.

E estou tão entusiasmada que acho que irei lá ter com ele todos os dias.

Afinal ele faz-me esquecer tudo o resto, e isso é tão bom...

Ele está aqui e deu-me novamente um objectivo a curto prazo para ser vivido.

(quem resistiria á visão da Ponte Vasco da Gama em frente aos olhos???)

quarta-feira, julho 16, 2008

Mistérioooooo...

Quando alguém com quem falamos, mas não conhecemos fisicamente nos diz a mesma coisa, uma mesma frase que alguém que nos conhece há 16 anos, isso será...?

Transparência (da minha parte, claro...???

segunda-feira, julho 14, 2008

Post ainda mais estupido do que eu!!

Alguém sabe onde eu posso encontrar uma vacina que me imunize contra a minha própria estupidez?? Não???

E um murro na minha pessoa, alguém se candidata a "oferecer"(para ver se acordo!!??)

Agradecida!

P.S. Depois digam qualaquer coisinha para o meu mail!

domingo, julho 13, 2008

Falling In Love with Josh Groban.



Believe in what your heart is saying
Hear the melody that's playing
There's no time to waste
There's so much to celebrate
Believe in what you feel inside
And give your dreams the wings to fly
You have everything you need
If you just believe



quinta-feira, julho 10, 2008

Hello...

..from here.

Não morri, nem fui de férias, apenas chatices e pensamentos em outro locais, em outras pessoas, em outros ambientes me tem afastado deste meu cantinho.

Há dias assim, sem inspiração, sem vontade de escrever, sem muito para dizer. Ás vezes há semanas assim, e quando assim é há que respeitar os tempos que é necessário dar a cada coisa.

Tenho lido sempre os cantinhos alheios, embora não comente e sei que tenho por aí uns premios, uns mimos, os quais agradeço a lembrança desde já e também uns desafios...

Pouco a pouco, lá irei...:-)

quinta-feira, junho 19, 2008

Charlie Chaplin.


“Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.
Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade.
Mais do que de inteligência, de afeição e doçura.
Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.”

quarta-feira, junho 18, 2008

Ternurento e muito actual...a ver!


To find the true love we"ll have to think outside the box

terça-feira, junho 17, 2008

Calores!


Isto de se estar num gabinete interior, (com umas janelas manhosas que dão apenas para páteos interiores) em que a temperatura actualemente chega todos os dias aos 30ºC, ás vezes mais do que na rua, tem que se lhe diga...

É que é uma "seca" estar sempre a controlar o ar condicionado, se não o ligo tenho que me despir para aqui estar, se o ligo, vai baixando tanto que chega aos 20 graus e aí já tenho frio (isto tá tudo avariado por aqui..)

Já não me chegava o frigorifico em casa ter dado o berro, e agora ter que estar á espera dos Srs, para o arranjar, ou então comprar o pimeiro que me aparecer porque tenho tudo a estragar-se, ainda tenho este drama do calor aqui todos os anos no Verão..

Ah e tal tenho um gabinete sozinho; mas é o pior deles todos, o mais pqueno, sem luz natural, e com apenas 2 janelas que se abrem para nada nenhum...haja paciência!

segunda-feira, junho 16, 2008

Me and Myself...

-Um almoço juntinho ao Rio, na antiga marina do Parque das Nações...Uma brisa suave, um dia bonito, e um belo almoço (e barato, tb, o que foi simpático, por acaso)
- Um passeio a pé a seguir até ao Vasco da Gama para assistir a um filme de aventuras para ver se a coisa anima (Indy ainda cheio de charme apesar da idade)
- O regresso novamente até á Marina onde tinha deixado carro, e uma paragem num local fabuloso que descobri ao lado do Oceanário, o Magnolia Café, onde bebi por café por 0,75 (algo muito extraordinário nestas paragens) e comi um cheecake (é o que dá as tristezas ...:-), com vista para a Ponte , para o Teleférico, para o rio e para onde me levassse o pensamento, confortavelmente instalada num sofá....


A constatação que cada vez mais tenho que tirar partido da minha pessoa, e só disso, mas que até nem é mau de todo...


P.S. Não tenho mar, mas tenho Rio, tenho esta zona maravilhosa, calma, bonita, que é o Parque das Nações, a 2 ou 3 kms da porta de casa, e quanto mais não fosse, e só por isso já sou uma priveligiada.

quinta-feira, junho 12, 2008

Momento lúdico e dedicado á nossa Selecção (não aconselhado a leitores sensiveis!!)

Esses grandes jeitosos que ontem lá conseguiram colocar por 90 minutos um sorriso na cara de todos aqueles que já não sabem o que é isso há muito tempo á conta de crises e mais crises, não são só jeitosos a jogar á bola...


Ora vejamos: essa ganda maluca que é a revista Timeout, para além de me indicar coisas tão importante como onde ficam take-aways de comida (o que dá um jeitasso a que vive só e abomina as artes culinárias) e a vida cultural desta minha cidade todas as semanas, ainda me faz rir como se não houvesse amanha, quer esteja em casa sozinha, ou numa esplanada ou numa loja cheia de pessoal...
Na semana passada dedicou as suas páginas ao Euro, e claro aos nossos jogadores, sendo que uma mulher hetero e um homem gay analisaram o fisico da nossa selecção e elegeram o 11 ideal.

Claro que não vou transcrever tudo, apenas algumas descrições:

BOSINGWA:
- Mulher -
Bosingwa até parece nome exótico, se logo a seguir não viesse um "da silva". Bosingwa da Silva. Está certo. Afinal trata-se do mesmo homem que veio de de Kinshasa para Seia. Não se pode dizer que o rapaz seja feio, mas ajudava (assim mesmo muito) não ter sobrancelhas á Frida Khalo.

-Homem- É parecido com Pepe, mas tem uma desvantagem: não é tão feio, logo não tem tanto sex-appeal. Em contrapartida, as mãos longas (não se vê , mas asseguramos que o são) fazem adivinhar que o comprimento é o forte dele. De resto não se vislumbra nada de especial no homem.


RICARDO:

- Mulher- A fase de mudança de voz passou-lhe completamente ao lado. Fora isso, e depois do que fez no Euro 2004, tudo se lhe desculpa, até mesmo ser grande amigo do Toy. É um homem que toma a inciativa, que se for preciso pega na bola e vai marcar penaltis. É um homem seguro e confiante como poucos. As mulheres gostam disso.

- Homem- A voz não é lá muito masculina, mas a presença ficia é uma coisa do outro mundo; tem ar de boa queca e de homenzarrão que domina. faria o maior sucesso na discotec BRIC. Não no quarto escuro, mas na pista de dança, que era para estar á vista de todos os outros homens. Quando veste fato e gravata fica irresistivel.


NUNO GOMES:

- Mulher-

É um homem que faz falta a qualquer selecção, porque dá sempre um jeitinho no cabelo dos colegas antes de entrarem em campo (o Miguel Veloso adora-o). É um daqueles casos de amor/ódio: as mulheres adoram-no por ser giro, os homens odeiam-no por ser uma nulidade futebolistica.

- Homem-
Para a idade que tem (31 anos) esta muito bem: ainda parece um puto. É bom para namorar, porque inspira confiança e tem um aspecto sensual e apaixonado. Se aparecesse uma noite destas na pista de dança do Trumps não saía de lá vivo!!


- Cristiano Ronaldo-

- Mulher- É o nosso menino, o nosso cutxi-cutxi, o homem que saca gajas á velocidade com que marca livres diresctos. Tem uns abdominais onde se pode ralar queijo (esperemos que tire a camisola sempre que marque golos) e está muito melhor desde que lhe passaram as crises de acne.
- Homem- Tem os melhores abdominais da Selecção - é uma autêntica tábua de lavar roupa. Dá vonatde de pegar nele, levá-lo para casa e fazer muitos carinhos, por causa do ar meigo e querido. Nu, com umas jockstraps (cuecas de jogador de râguebi), ficaria um deus.

Moral da História: o que nos vale é a nossa Selecção e a revista Timeout a acompanhar (desculpem, mas gosto tanto de a lêr que tinha que fazer publicidade)


GO AHEAD BOYS AND KEEP THE GOOD WORK





terça-feira, junho 10, 2008

A emoção prega-nos partidas?

Porque será que quebrar laços, com o que quer que seja, é tão dificil...???

Se sabemos racionalmente que determinadas coisas não funcionam , que nunca irão funcionar, que só nos fazem mal, porque será tão dificil dizer "basta!"???

Porque estarão sempre os malditos dos sentimentos a intrometerem-se...???

sexta-feira, junho 06, 2008

E até o blog "mudasti".

Por uma questão de funcionalidade e porque de facto ando em fase de mudança e andava farta de tanto verde, resolvi mudar o layout...

E este vai continuar a ser o meu mundinho, com direito a mostrar ali ao lado também todos os miminhos que me vem sendo atribuidos desde que comecei a aventura da escrita e que ainda (e por razões várias) não tinham tido o seu lugar ao Sol...

Acho que devo isso a pessoas que nem sequer conheço, (algumas delas) mas que me tem mostrado o seu lado mais bonito.

Ainda não éstá finalizado, mas espero que gostem, porque eu estou a gostar...

E cá continuo deste lado a debitar parvoices, estados de alma, alegrias, tristezas..


quinta-feira, junho 05, 2008

Não sei se...

Acabei de ouvir na rádio que a Galp vai baixar o preço da gasolina em 0,5 cêntimo!!!!

Parafraseando alguém cujo blog eu de vez em quando leio, "não sei se chore, se ria ou ou se dê um murro em alguém"!!!

É ou não uma boa noticia para "fechar" o dia óptimo que eu tive hoje?

Ora vejamos:
- das 8.30 ás 10 horas, parada no transito, para fazer o percurso que vai desde Stª Apolónia até Belém.
- 10 horas, chegada á minha consulta médica, atrasada meia hora ( o médico só dava consultas de manha)!
- Anabela foge pela linha do Bus!
- Não consigo estacionar cá fora,já estou super atrasada, carro para o parque (carro no parque + espera no médico)
- Srª das 10 já tinha entrado, eu entro lá ás 10.30, saio de lá ás 11.15.
- Parque : 2.10 por uma hora + mais as litradas que gastei num percurso tão pequeno!
- Saida ás 11.50 rumo á loja do Cidadão das Laranjeiras, com o objectivo de "tirar" o tão famoso passaporte novo.
- Estacionamento á porta e sem pagar (valha-nos isso!)
- Tiro senha, ia no 78, eu era o 135!! Anabela percebe que lá pela noitinha está cá fora, ou então dorme lá para amanha, percebe também que almoço vai ser mentira pelo menos a horas decentes!
- Anabela senta-se nas cadeiras de pau duras como tudo (feitas de propósito para quem espera tantas horas) e roga pragas, enquanto lê a sua revista preferida do momento a TimeOut (tenho que falar desta revista num próximo post).
- Fica lá meia hora e entretanto lembra-se de ir até ao quiosque da Tv cabo cuscar isso da Box nova que é a Zon; ali pelo menos não se tira senha.
- Anabela volta e senta-se, e pensa; "Desisto ou não" (na senha não vinha escrito o prógnóstico para hora de saída); não, fico, afinal já ando para renovar este porcaria há tanto tempo
- Chefe telefona, sem saber que sua funcionária está ali pensando que foi comer fora na sua hora de almoço.
- Fome começa a chegar e os números não avançam...
- Chega o numero; a paciencia já era tão pouca que a foto digital fica uma grande bosta, mas que se lixe; assinatura não sai assim a modos que excatamente igual ao B.I, senhora faz Anabela assinar para aí umas 6 vezes!
- Anabela larga 60 suados euros
- Anabela sai finalmente, era 14.00 em ponto, exactamente 2.30 depois de ter entrado! Vai com tanta fome que nem vai a ver mto bem a estrada. E onde vai almoçar?? O refeitório onde se come baratucho já fechou, o cansaço é mto e a fome mais ainda para se ir meter no Colombo, bem, vai ali ao resturante da esquina.
Uma bela alheira carregadinha de óleo, e 6.85€ depois e está na rua, são 14.45 horas.

Pelas 15 horas, dá entrada finalmente no seu posto de trbalho, e com o bolso bem mais levezinho!

Ora, só uma noticia como esta ao finalzinho do dia para acabar em beleza o meu dia!

O que vale é que amanha é sexta, eu hoje vi uma figura pública (uma pessoa anima-se com estas coisas lol) , e a Time Out faz-me rir á brava!

E agora vou, que estou com uma dor de cabeça que nem posso...

Nina, eu conto até 10, mas não prometo que depois disso não rebente! :-))))




-

quarta-feira, junho 04, 2008

Insolitos laborais.

Continuo a surpreender-me no meu local de trabalho.
Vejamos, hoje uma colega minha fez anos. E fez de tal maneira um choradinho ao chefe que ele lhe disse "ah, e porque não ficas em casa"??
Ora bem, a mim de nada serve ficar com invejite aguda, até porque faço anos no pior dia do ano, naquele dia que nunca, jamais, deixará de ser feriado (pelo menos enquanto o Socrates nos deixar pelo menos ser católicos), mas deu-me que pensar...
Ora se cada um de nós faltar no seu dia de anos, pois o meu querido Instituto onde trabalho de seu nome INETI, ficará extinto literalmente, completamente despovoado...
Sim que extintos já nós estamos há muito tempo, mas como devemos ter sido muito malvados numa outra encarnação, não há meio de "morrermos"...
Mas quem sabe, talvez se esta ideia pegar, o pessoal vá desaparecendo aos poucos...

(sim, eu sei que isto foi um grande devaneio, mas depois de ontem termos tido uma reunião com a Direcção que deixou uns a rir, outros a exclamar palavras feias e outros quese a chorar, acho que um devaneio é o minimo que posso ter..)

terça-feira, junho 03, 2008

Changes.



E hoje e ontem tenho andado a mudar coisas, a tratar de assuntos que já andava a adiar á N tempo...


Ás vezes tenho estas necessidades, mudar pequenas coisas, que ainda que sejam pequenas alteram a noso rotina, e que bom que isso é, detesto sempre tudo igual, tudo muito certinho, programado...


Ora bem, mudei de canais de Tv Cabo (acabaram-se os filmes, venham as series), mudei de seguro de carro (o anterior "levava-me" o subsidio de férias todos os anos), estou com ideias de mudar de serviço de Internet (gosto de coisas ilimitadas, tanto na vida real como mundo virtual :-), e gostava imenso de mudar de casa, mas isso é um projecto muito maior...
De automóvel, não, porque adoro o meu Honda e ainda é uma criança , embora este mês vá ao seu primeiro teste, tadito...
Estou a pensar também deixar as minhas danças para trás, que aquilo já não me satisfaz e não sei começar com outra actividade qualquer, ainda não sei bem é o quê...

Também gostava de me ver "livre" de uns pseudo- amigos que tenho e de fazer novos conhecimentos, mas está complicada a coisa...; (alguém me falou em gelados "Haagendazs", quando é..?? ) :-))

Não sei de será da Primavera que finalmente parece que chegou aqui á Capital ou de um premiozito virtual que recebi simpáticamente oferecido por esta menina (obrigado mais uma vez por considerar assim o meu tasco e a minha pessoa também) :-), e que me deixou assim contentinha, o que é certo é que ando inspirada (não sei é por quanto tempo, já que vem aí uma altura complicada, os feriados) e há que aproveitar o momento.


sábado, maio 31, 2008

E eu fui...!!


E gostei, mais uma vez da Cidade do Rock.

Cortesia aqui da minha miga do Norte, que se lembrou de me "ofertar" um bilhete e que me porporcionou um dia muito agradável em que a constante foi o riso e o sorriso...

Obrigado miga, pela companhia, pelo carinho, pela risota pegada, pelas figuras tristes que fizemos, por nos termos aguentado e não termos caido para cima dos patos, :-), pelas musicas que fomos buscar ao baú de recordações, cantadas alegremente no banco do autocarro e que nos permitiu aguentar tanto tempo ao frio, por não me teres deixado ter sido esborrachada eheheh, por tudo, tudo...

Foi muito bommmmmmmm e temos que repetir para a próxima (reserva já aí outro bilhete para mim lol)

O ambiente do espaço estava espectacular (muita teenager inconsciente aos pulos quase a deitarem nos abaixo na Ivete, mas faz parte :-), e a olhar para aquela superficie toda e pensar que estava entre 90 mil pessoas, impõe respeito...

Gostei em especial do Lenny, aquele jeitoso que deixou o público em delirio , foi um concerto electrizante e se não não fosse ele a salvar a honra do convento, não seria que seria daquele serão...

Não fosse pela roubalheira do costume neste tipo de coisas (não deixam entrar garrafas de água no recinto, cada um de meio litro custa 2 euros e temos que emborcar aquilo na altura, porque nos deitam as tampas fora) e da desgraçeira da Amy que nem sei como se aguentou sem cair de vez em palco, tinha sido a perfeição.
E para quem não sabe os concertos do Palco Mundo são transmitidos na Sic Radical e Sic Mulher todos os dias em directo.
P.S. Actualização no meu outro tasco.

segunda-feira, maio 26, 2008

Desperate Housewife.


Não, não vou falar da Serie que por acaso até gosto muito de assistir, vou escrever sobre a minha falta de jeiteira para estas coisas de se ser dona de casa.
Nunca tive muita vontade nem "queda" para ser fada do lar, confesso que sou um bocado preguiçosa e como vivo sozinha, ás vezes vou deixando "andar"...

Mas quando tenham visitas importantes como será a da próxima Sexta feira, em que vem uma certa menina do Porto a minha casa pela primeira vez, tudo muda de figura...

Ora e que fiz eu para estar desesperada (ou quase)???

Pois que tive a ideia brilhante de dar um brilho aos armários da cozinha que são todos em madeira.
Só que tinha aqui varios produtos para o efeito, e como sou muito distraida agarrei no primeiro...
O desgraçado fez o efeito para que foi criado, transformou os meus armaários, numa coisa apresentavel e bonita (já são um bocado velhotes), só que deixou um pivete na cozinha que não se pode...
Já ontem tive que fechar a porta da cozinha que dá para a sala e abrir as janelas da varanda que dão para a rua, mas mesmo assim, o cheiro mantem-se.
Para além disso, esqueci-me de colocar uns jornais no chão, para que o produto não ficasse no chão; ora sendo isto um óleo acabei por o levar agarrado ás solas dos sapatos e levá-lo a passear pela casa toda, ontem pareci que andava a patinar e nem estava a percber muito bem porquê.
Ah e tal , temos que ser donas de casa, ah e tal limpeza e por tudo a brilhar; uma pessoa já é pouca fadada para estas coisas, depois acontece uma destas e perde a vontade de vez...:-)

Nina, se não me encontrares esticadinha quando cá chegares, intoxicada, faz planos de ambas irmos dormir para a rua, ou podermos vir a "esticar o pernil" em conjunto eheheh

Isto de se "tentar" ser fada do lar tem que se lhe diga...:-)

sábado, maio 24, 2008

Pequenas (grandes) vitórias.

- Eu vou a espectáculo onde todos vão acompanhados, e sim, vou sozinha; afinal quem não tem cão caça com gato...

- Eu superei o meu medo, eu superei o negativismo ao meu redor, eu superei o facto desse alguém ser tão egoista ao ponto de dizer "eu não quero ir, mas tu também não vás", a vontade de ir consegiu se impor sobre a tristeza que me acomete quando penso em fazer determinadas coisas sozinha...

- Eu vou ter um Domingo diferente, um domingo com objectivo, com um plano traçado, um domingo em que não vou continuar aqui, ás voltas cheia de auto-comiseração, com raiva de mim mesma por não ser forte, por não conseguir tomar atitudes que me satisfaçam, por deixar o tempo passar por mim, assim, estupidamente...

- Eu vou ter uma Segunda Feira diferente em que vou dizer "ontem fiz alguma coisa por mim própria, ontem mimei-me, ontem fiz algo que já devia ter feito há tanto tempo, e soube tão bem..."

Eu vou....
Hoje gostei muito de mim...
Hoje senti-me capaz de tudo...
E hoje percebi, hoje descobri que outras pequenas (grandes) vitórias se sucederão...


(Cirque do Soleil - Quidam)


quarta-feira, maio 21, 2008

Questões existenciais.

Será a auto-estima "alimentada" pelas atitudes e opiniões dos que nos rodeiam?? Ou será algo que "parte" apenas de nós??

domingo, maio 18, 2008

Um novo "menino".

Ás vezes a falta de inspiração no geral para tudo um pouco, dá-nos para esta coisas..

Decidi meter-me em trabalhos esta última semana(sim, que o formato é diferente e eu pouco ou nada percebo de programação), e criar um novo blog.
Mas como quem corre por gosto não cansa, eu estou entusiasmada com o novo "bébé". :-)
Será um blog dedicado ao lazer, a todas as viagens que fiz, ás que quero fazer, a todo e qualquer local , seja um restaurante, ou Hotel, Palácio ou Museu, por onde tenha passado e de que tenha gostado.
Foi inaugurado com as minhas fotos de Praga e modéstia á parte acho que está a ficar catita, embora ainda seja muito novinho e por isso se vá completando com o passar dos dias.

Convido-vos portanto a visitarem o meu novo "tasco", e deixarem os vossos comentários. :-)

http://memoriasdeviajante.blogspot.com/


P.S. Ainda não coloquei aqui uma hiperligação para lá, porque não sei muito bem como o fazer,tenho que investigar mais...

segunda-feira, maio 12, 2008

Dá que pensar...


Cada vez vejo menos cinema, mas parece que sempre que assisto a um novo filme, acerto...

Considero que um bom filme é aquele que nos deixa a pensar, aquele que nos consegue fazer abstrair de que que estamos numa sala impessoal, aquele com o qual aprendemos alguma coisa.

E este é um caso: alguém que passa por uma situação dificil de descrever e de imaginar, e que depois se transforma numa outra pessoa (ou será que essa "pessoa" estaria lá sempre á espera de ser despoletada) alguém que começa a fazer justiça pelas próprias mãos.

A questão que se coloca é a seguinte: será que por mais desejo de vingança que temos em relação a uma determinação situação, intolerável para qualquer humano, isso justifica começar a ser aquilo que nos States se chama um "Vigilante", alguém que decide "limpar" a cidade de tudo o que é "mau"??

Jodie Foster no seu melhor...!

quinta-feira, maio 08, 2008

Feminismo/Machismo.

Frequento aulas de Dança de Salão há 6 anitos para cá, e confesso que por vezes nas aulas ocorrem-me pensamentos interessantes como nesta ultima segunda feira.

Quando para lá fui, fui com montes de ilusões neste pequeno meu cérebro que habita aqui na caixa craniana. Afinal não posso negar que a principal razão que me levou até lá, não foi propriamente o amor á Dança, embora adore dançar, dance desde miuda, e aprender algo mais não estava fora de questão.

Não, a razão principal foi o ter uma actividade extra laboral, que me ocupasse o espirito e que me exercitasse o corpo, e principalemnte que me fizesse "queimar tempo". Afinal tinha acabado de me separar e não conseguia aceitar a ideia, não conseguia imaginar que viria todos os dias para esta casa, sentar-me no sofá a seguir ao jantar, e viver aqui neste vazio, nesta solidão dia após dia que sempre senti por N razões mas que começava a se tornar insuportável.
Queria também conhecer novas pessoas, fazer novos amigos, mas cedo descobri que o meio era um bocado hostil a isso.
Afinal entrei num local vocacionado para os pares, já que dança de salão é sempre Dança a Par. E como dizia alguém que anda lá e que passou pela mesma "situação" que eu, "há dias em que se entra lá mal psicologicamente e ainda se sai pior".

Mas que tem esta converseta toda a ver com o titulo?? É que na ultima segunda feira, quando uma das pessoas com quem tenho alguma intimidade me "cedeu" gentilmente o seu par, porque já estava farta, cansada e se foi sentar, reparei que de certa maneira os papeis estão invertidos, são elas que não querem que eles dancem com mais ninguém, não são eles. Eles até me parecem que ficam "contentes qd trocam de par. Ou seja neste caso particular da dança parece-me que serão mais elas a mandar neles do que o contrário, feminismo a ganhar ao machismo??

E pronto, são estas deduções brilhantes que retiro de alguns dos meus serões que nada teem de brilhante (para além de exercitar o corpo, claro).

segunda-feira, maio 05, 2008

E hoje, sinto-me "bué" de importante!

E se Maomé não vai á Montanha, vai a montanha a Maomé. E que quer isto dizer??

É que foi necessário o meu local de trbalho ter sido extinto pelo Sr. Socrates para termos o prazer de recbermos uma visita muito importante, mais concretamente Sua Alteza Real, o Reizinho da Suécia.
Ora eu que nunca estive em Estocolmo nem em nenhum pais nórdico, pois que me me sinto importante, até para mais porque acordei bastante desinspirada, esta manhã.

Ora digam lá se não é caso para rir, um Instituto do Estado que já foi extinto, onde existem pessoas que já vierem de outros lados, onde existem pessoas que continuam aqui mas a serem pagos por outras instituições, e agora vamos ser visitados por um membro da realeza europeia?
Bom, bom, era ele levar-me para aquelas bandas, vou ali e já venho, propôr-lhe isso!

(divagações de quem á conta de alguma preguiçite aguda, trabalho e o Pc de casa a dar o berro, ainda não organizou as suas tão adoradas fotos de Praga para mostrar e partilhar com a comunidade blogueira a maravilha que é aquela cidade.)

quarta-feira, abril 09, 2008

Mais uma "biage"...!

E porque ontem a minha amiga Carracinha teve a gentileza de me lembrar que ainda mexo, e que o blógio apesar do abandono temporário ainda "vive", cá vão algumas noticias da minha pessoa:



- Diz que daqui a 8 dias, por esta hora, já estarei noutras paragens, mais precisamente na cidade que dizem ser uma das mais belas, que que tem a mais alta taxa de consumo de cerveza do mundo ( ainda bem que não gosto de tal coisa) :-)


- Diz que consegui gastar só 92 euros com a passagem aérea (e não é low-cost, é TAP, mesmo), e ainda vou em classe executiva (não é que isso faça muita diferença na prática, mas sempre dá estilo lol)


- Diz que com a preparação da viagem, com o trabalho no emprego e as coisas de casa, não tenho tido tempo tempo para me coçar , qto mais para o blóguio.


-Diz que vou deixar o tasco em stand-by, mais um pouco até regressar (que será a 21 de Abril)
E depois colocarei a minha e a vossa escrita em dia. :-)



- Diz que estou num "excitex" que nem posso!!! :-))



Here I go!!! :-))





terça-feira, abril 01, 2008

Para descontrair!

E porque os ultimos dias tem sido "pesadotes" aqui no tasco, cá vai um texto recebido por mail hoje de manha, e que me fez rir com gosto (para começar bem o dia :-), sobre essa atitude excelente , deste mais ainda excelente Governo, em fazer com que o Fisco entre na intimidade de cada um de nós no que repeita aos casamentos...

Segunda-feira, Março 24, 2008

Querido FISCO,

No meu casamento, que se realizou no dia ..., estiveram presentes 120 convidados: 89 adultos, 9 crianças e 2 bebés. A festa teve lugar na Quinta ... do meu padrinho Luís M. que me presenteou a boda ( as cópias dos talões do talho, da mercearia e da peixaria seguem em anexo).

A minha tia Alzira S., que é costureira, fez-me o vestido e não cobrou nadinha, mas gastei 60€ em tecidos, 34,5€ nas rendas e bordados e 18,75€ em linhas, botões e alfinetes. As meias e as ligas ficaram por 35€, conforme recibos que envio. O noivo usou o fato da Comunhão Solene com umas ligeiras alterações ( a Tia Alzira não cobrou nada).

O meu irmão foi o fotógrafo de serviço. Todas as fotografias foram enviadas aos convidados por e-mail , que imprimirão as que entenderem por sua conta.

Não foi alugada qualquer viatura. Eu fui na Charrete do Sr. José M., que andou comigo ao colo e é como um pai para mim. O Manuel ( o noivo) foi de mota: a mota dele que ainda está a acabar de pagar, conforme se comprova com documento.

As flores foram todas do jardim da minha avó Margarida e a minha prima Mariana F. que é uma moça muito prendada fez os arranjos.

A animação da festa esteve a cargo do irmão e dos primos do Manuel, que têm uma banda - os "Sempr'Abrir" que merecem ter sucesso.

Não pudemos aceitar nenhum dos presentes, uma vez que não vinham acompanhados dos recibos.

Os preservativos comprou-os o Manuel naquelas máquinas que estão longas horas ao Sol (porque é um rapaz muito introvertido), mas que não dão recibos, o que me permite escusar-me a revelar o seu número, não vá, daqui a alguns anos, lembrares-te de cobrar rectroactivamente uma taxa pelas que foram dadas na lua de mel.

Maria Julieta Silva Chibo

Manuel António Sousa Chibo

domingo, março 30, 2008

"A maior empresa do mundo"


Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que a minha vida é a maior empresa do mundo.

E que posso evitar que ela vá à falência.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver,apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um "não". É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta...

Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo."


Ontem ao ler este poema de Fernando Pessoa, na revista Happy deste mês, pensei , pensei muito...

Sábias palavras que vou tentar interiorizar, e colocar em práctica não apenas quando venho á superficie neste mar agitado que costuma ser a minha vida, mas em todos os dias, sempre.

Mas as vossas palavras, os vossos comentários aqui, as sms que recebi, o telefonema para o emprego (nina, vi o teu telefonema depois, mas naquela altura não tinha muitas condições de falar, mas muito obrigado peleo teu carinho)o telefonema de hora de meia de alguém que está longe de mim fisicamente, mas que nunca estará longe do meu coração, enfim tudo ajudou, e estou um bocadito mais animadita.

Dedico-vos este poema, para quando estiverem assim a modos que mais tontas como eu, nos dias em que a nossa auto-estima baixa a niveis infimos, para aqueles dias em que por mais azul que o céu esteja azul, nós o vemos de uma cor muito diferente...

E quero que saibam que podem sempre contar comigo, sempre que sintam necessidade de botar cá para fora o que de menos bom vos vai na alma.


Foi muito bom criar este blog, pois ofereceu-me a possibilidade encontar pessoas fantásticas que estão por vezes mais próximas de mim, do que o que me estão mais próximos fisicamente.
P.S. E sim, menina Gata, podes continuar a dar-me na cabeça, quando achares que eu preciso, não sabe bem, mas faz bem, e ás vezes precisamos mesmo de pessoas mais realistas do que nós próprios, mais "cabeça-fria"...:-)